Primeiramente, você sabe o que é software? Hoje em dia a maioria das pessoas acham que entendem de software, mas entendem mesmo?

Software consiste em:

  • Instruções.
  • Estrutura de dados para manipular informações adequadamente.
  • Informação descritiva, descrevendo a operação e o uso dos programas.

O software continua a ser a tecnologia única mais importante no cenário mundial. Ele assume dois papeis, o produto e o distribuidor de produto.

Uma dúvida de quando se começa no mundo da programação é o tipo de software que irá desenvolver, sabemos que podemos ir para a área de jogos, desenvolvimento web, desenvolvimento mobile e muitas outras. Há muitas categorias e vou listar as 7 principais neste artigo.

  1. Software de sistema: Conjunto de programas feito para atender a outros programas. Exemplos de softwares assim são os sistemas operacionais, compiladores e editores. A área de software de sistema é caracterizada por grande interação com o hardware; uso intenso por múltiplos usuários; operação concorrente; compartilhamento de recursos e gestão de processos; estruturas de dados complexas e múltiplas interfaces externas.
  2. Software de aplicação: Programas sob medida que solucionam uma necessidade específica de negócio. Processam dados comerciais ou técnicos para ajudar operações comerciais ou tomada de decisão administrativa.
  3. Software científico/ de engenharia: Caracterizado de algoritmos de processamento numérico pesado. Esses softwares podem ser da área de astronomia, biologia molecular, vulcanologia, meteorologia, fabricação automatizada, entre outros.
  4. Software embutido: Executa funções limitadas e específicas (por exemplo o controle de painel de uma maquina de lavar roupas).
  5. Software para linha de produtos: Projetado para prover capacidade específica de utilização por muitos clientes diferentes. Podendo se focalizar em um mercado limitado ou para consumo em massa.
  6. Aplicações para a web: Podendo ser apenas um conjunto de arquivos de hipertexto ou sofisticados ambientes computacionais podendo integrar banco de dados corporativos e aplicações comerciais. É um tipo de software que só vem aumentando nos últimos anos.
  7.  Software de inteligência artificial: Faz uso de algoritmos não numéricos e sim lógicos para solucionar problemas complexos que não são passíveis de computação ou de analise direta. Aplicações nesta área incluem: robótica, reconhecimentos de padrões e jogos.

Informações tiradas do livro Engenharia de software – uma abordagem profissional de Roger S. Pressman

Achou este artigo útil?? Então siga nossa página para não perder nenhuma novidade.